App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
instalar
Notícias
Categorias
Arrendar Casa

Arrendar casa: O inquilino pode mudar a fechadura?

19 MAIO 2022
Tópicos
Dicas Arrendar casa Destaque Notícia Homepage Inquilinos Senhorios Casas para arrendar
A obrigação do senhorio, ao fazer o contrato de arrendamento, é entregar a casa ao inquilino, que fica com o direito de a utilizar. Isto retrata que o inquilino pode alterar a fechadura sem pedir permissão e também sem aviso prévio ao senhorio.
O direito à habitação é protegido constitucionalmente pelo artigo 65.º n.º1 da Constituição, na medida em que estabelece que todos tenham direito, para si e para a sua família, a uma habitação de dimensão adequada, que tenha condições de higiene e conforto, e preserve a privacidade familiar. 

Quando o inquilino arrenda um imóvel é-lhe atribuído um conjunto de direitos como se a casa fosse do próprio.

Isto retrata que o senhorio não pode entrar na casa arrendada sem autorização do arrendatário, uma vez que este tem direito à sua privacidade e a não ser incomodado. 

Há vários inquilinos que quando arrendam um imóvel decidem por trocar de imediato as fechaduras, seja por uma questão de segurança, de privacidade, ou ambas.

Neste sentido, será que o inquilino tem este direito, e caso sim, se há a obrigatoriedade da entrega da cópia ao senhorio?

Lei: O inquilino pode mudar a fechadura? 
A obrigação do senhorio, ao fazer o contrato de arrendamento, é entregar a casa ao inquilino, que fica com o direito de a utilizar. Isto retrata que o inquilino pode alterar a fechadura sem pedir permissão e também sem aviso prévio ao senhorio. 

Também não estará obrigado a entregar uma cópia da nova chave ao locador. Terminado o contrato, o inquilino deve entregar as novas chaves ao senhorio. 

Contudo, é essencial realçar que este não é um direito absoluto, e existem certas exceções. O arrendatário deve possibilitar a visita do senhorio para obras urgentes ou quando o contrato se encontra na iminência de cessar, como estabelecido nos termos do artigo 1081.º do Código Civil.

No entanto, mesmo nestas situações não se pode entrar no imóvel contra a vontade do inquilino, de modo que estas visitas deverão ser agendadas com antecedência, feitas por consultas ao inquilino sobre a hora e a data das mesmas. 

O senhorio tem direito a examinar o imóvel quando entender haver razões que o justifiquem, e também, nos três meses que precedem o final do contrato, proceder a visitas com interessados no próximo arrendamento ou compra do imóvel. 

Esse direito, que se direciona a possibilitar ao proprietário validar o estado em que se encontra o imóvel arrendado, não significa que o senhorio possa utilizar a própria chave, sob pena de incorrer em responsabilidade criminal e a sua conduta configurar fundamento bastante de resolução contratual pelo arrendatário.

O inquilino é obrigado a entregar uma cópia da nova chave ao senhorio?
Antes de assinar um contrato de arrendamento, deve-se analisar se este dispõe de descrição do estado de conservação do imóvel, as definições de quais os tipos de obras a serem pagas por cada uma das partes em caso de necessidade, e também quais os tipos de atividades permitidas no imóvel. 

A substituição da fechadura pelo inquilino está dentro do direito a fruir e usar a habitação na plenitude do fim a que a mesma se direciona, portanto, na altura da troca o arrendatário não estará obrigado a entregar uma cópia da nova chave ao senhorio. 

O artigo 1031.º do Código Civil garantir este direito ao arrendatário, não podendo o senhorio perturbar esse gozo, sem esquecer que ao arrendatário também são reconhecidos os direitos constitucionalmente previstos de reserva da intimidade da vida privada e familiar e à inviolabilidade do domicílio.

Anulado o contrato de arrendamento, o inquilino será obrigado a restituir o locado arrendado no estado em que se encontrava no início do contrato de arrendamento, salvaguardadas as deteriorações normais, é obrigado a repor a fechadura antiga, caso o senhorio não aceite ficar com a nova. 

Consequentemente, o inquilino deverá guardar a fechadura antiga se a troca for necessária. Para que uma relação de confiança entre senhorio e inquilino seja alcançada, todo o arrendatário deve seguir o está definido no contrato de arrendamento, com o fim de que ambas as partes se beneficiem do mesmo.

A destacar também que este contrato deve ser comunicado à Autoridade Tributária e deverá sempre estar em conformidade com as regras do Código Civil e do Novo Arrendamento Urbano.

Tópicos
Dicas Arrendar casa Destaque Notícia Homepage Inquilinos Senhorios Casas para arrendar
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel