App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
instalar
Notícias
Categorias
Comprar Casa

Crédito consolidado com hipoteca: Saiba o que é e em que situações compensa

25 MAIO 2022
Tópicos
Mercado Imobiliário Destaque Notícia Homepage Casas Crédito Habitação
Quem tem uma casa hipotecada sabe o quão pesado se pode tornar este encargo numa altura de crise. Para quem se encontra endividado ou quem quer prevenir uma situação como esta, o crédito consolidado com hipoteca pode ser uma solução de poupança
Crédito consolidado com hipoteca: Conceito
O crédito consolidado é um tipo de empréstimo que possibilita aglomerar diversos créditos que se tenha em simultâneo num só, juntado-os num só banco ou entidade bancária, o que possibilita diminuir a mensalidade e alargar o prazo de pagamento, ficando-se com uma só prestação, o que resulta num alívio do orçamento mensal.

A diferença entre um crédito consolidado com hipoteca e sem hipoteca tem que ver precisamente com o facto de o primeiro implicar dar um imóvel como garantia, ao passo que este último não.

Geralmente, por implicar a concessão de uma garantia por parte do consumidor, o crédito consolidado com hipoteca dispõe de melhores condições do que quando assim não acontece. É natural que assim seja, uma vez que, ao dar a sua casa como colateral, melhora a probabilidade de ser aprovado no crédito e acaba por estar a dar mais segurança ao banco.

Além disso, e justamente porque o cliente dá um bem de valor tão elevado como uma casa para garantia, geralmente este tipo de crédito consolidado costuma ser aprovado mais rapidamente, tornando-se assim ideal para quem necessita de reestruturar as suas finanças urgentemente.

Contudo, há que ter atenção ao fazer um crédito consolidado com hipoteca: em caso de incumprimento, a casa será utilizada para reembolso. Esta é, sem dúvida, uma desvantagem deste tipo de empréstimo.

Pedir um crédito consolidado com hipoteca: exemplo Prático
Uma família que disponha de um crédito à habitação de uma habitação no valor de 300 mil euros e cuja mensalidade é de 700 euros e ainda um crédito para obras que contraiu para remodelar a cozinha e do qual paga 200 euros por mês.

No total, esta família possui 1250 euros em encargos mensais com créditos. Sendo que o seu rendimento total ronda os 2000 euros e tratando-se de um agregado familiar composto por quatro pessoas, qualquer emergência financeira que surja é suficiente para deixar esta família numa situação delicada.

Ao realizar um crédito consolidado com hipoteca, as prestações mensais da família, sendo agregadas numa só, que atualmente se cifram em 1250 euros, podem passar para 750 euros, tratando-se de uma diminuição muito significativa de 40%.

Ao efetuar um crédito consolidado com hipoteca, esta família não só poupa significativamente, como simplifica, em muito, a gestão mensal das suas despesas ao ficar com uma só mensalidade referente a empréstimos.

Para quem o empréstimo da casa se constituiu como o maior encargo financeiro que se detém, esta solução de consolidação pode ser a mais indicada. No entanto, há que garantir que se cumpre sempre a prestação mensal, sob pena de se perder a casa que, à partida, é o maior investimento financeiro de uma família.
Tópicos
Mercado Imobiliário Destaque Notícia Homepage Casas Crédito Habitação
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel