App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
Notícias do Mercado Imobiliário
Categorias
Imobiliário

Lisboa considerada a 39.º melhor cidade para expatriados

13 DEZEMBRO 2023
Tópicos
Mercado Imobiliário Casas em Lisboa Investidores Estrangeiros Investimento Imobiliário Lisboa Rendas Habitação Acessível
Lisboa e Porto foram duas das cidades portuguesas englobadas no ranking "Qualidade de Vida" da Mercer, na 39.º e 55.º posição, respetivamente.
Lisboa considerada a 39.º melhor cidade para expatriados
Fonte: Freepik
Autor: Redação

O ranking global da Mercer, empresa do Grupo Marsh McLennan, "Qualidade de Vida", aponta Lisboa como a 39.º melhor cidade para expatriados, tendo sido avaliados vários aspetos do quotidiano dos mesmos e respetivas famílias. De acordo com o ranking, Viena continua a ocupar o primeiro lugar, assumindo-se como a favorita dos emigrantes, seguida de Zurique, Auckland e Copenhaga, na segunda, terceira e quarta posições, respetivamente. 

De acordo com Tiago Borges, career leader da Mercer Portugal, "o cenário global atual é afetado por tensões geopolíticas, desastres naturais e outros desafios económicos, todos eles com implicações significativas para as cidades e para a sua capacidade de atrair e reter talento", explicando a importância dada à qualidade de vida proporcionada pelos locais de residência escolhidos pelos cidadãos expatriados. 

"Muitos colaboradores estão a reconsiderar as suas prioridades e a avaliar a qualidade de vida que lhes é proporcionada, a eles e às suas famílias, nos lugares onde vivem e trabalham", sublinha, concluindo que, "para muitas empresas, bem como para os seus colaboradores, ter clareza sobre estes fatores permite uma tomada de decisão informada no âmbito de oportunidades internacionais"

Este ranking permitiu apurar que 7 das 10 melhores cidades para expatriados se encontram localizadas na Europa Ocidental, tendo sido utilizadas 10 categorias para a apuração dos resultados, agrupadas conforme 39 fatores, das quais se destacam, por exemplo, o ambiente sociocultural, a habitação, o ambiente económico, o ambiente político e social, serviços públicos e transportes ou considerações médicas e de saúde

No caso das cidades portuguesas, a Mercer sublinha: "para o posicionamento global de Lisboa e Porto contribui o facto de Portugal enfrentar uma crise habitacional, agravada pela escalada da inflação, que lava a uma oferta limitada de imóveis para arrendamento, tendo-se tornado difícil encontrar alojamento a preços acessíveis", o que contribui para o posicionamento das duas cidades no ranking

Tópicos
Mercado Imobiliário Casas em Lisboa Investidores Estrangeiros Investimento Imobiliário Lisboa Rendas Habitação Acessível
Notícias mais lidas
Direito de preferência: a quem se aplica e como funciona?
Como fazer um contrato de arrendamento passo a passo
Que tipos de contratos de arrendamento existem? Conheça
Os 10 passos que tem de dar antes de avançar com compra de casa
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel