App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
Notícias do Mercado Imobiliário
Categorias
Imobiliário

O que é a Área Bruta Privativa?

29 JANEIRO 2024
Tópicos
Imóveis Arquitetura Compra de Imóveis Projetos Imobiliários Casas para arrendar Proprietários Glossário
Descubra os vários conceitos que deve conhecer para tomar decisões mais informadas na escolha da sua próxima casa.
O que é a Área Bruta Privativa?
Fonte: Freepik
Autor: Redação

No vasto universo do setor imobiliário, conceitos como área bruta, área útil e área bruta privativa podem ser um labirinto confuso para muitos. Esclarecer estes termos pode fornecer-lhe os dados necessárias para tomar decisões mais informadas ao adquirir ou arrendar uma propriedade.

O que é a área bruta?

A área bruta engloba todo o espaço interno de um imóvel. Isso inclui não apenas os compartimentos internos, mas também garagens, varandas, terraços e áreas de armazenamento, juntamente com espaços comuns do edifício, como corredores e escadas. A área bruta inclui todas as áreas internas e externas do imóvel, não deve ser confundida com a área bruta de construção.

A área bruta de construção é a soma de todas as áreas de pavimentos construídos, tanto acima quanto abaixo do solo. Isso abrange espaços habitáveis, escadas e áreas onde se encontram elevadores. É importante notar que áreas exclusivamente destinadas a estacionamento abaixo do solo não são contabilizadas na área bruta de construção.

O que é a área útil?

Conforme o Regulamento Geral das Edificações Urbanas, a área útil é a soma das áreas de todos os compartimentos da habitação. Inclui vestíbulos, circulações interiores, instalações sanitárias, arrumos, armários nas paredes e compartimentos de função semelhante. 

A medição é realizada pelo perímetro interior das paredes que limitam o fogo, descontando encalços até 30 cm, paredes interiores, divisórias e condutas.

Em termos simples, a área útil exclui as paredes interiores, divisórias e condutas do imóvel, tornando-a menor do que a área bruta de construção.

Diferença entre a área útil e a área bruta privativa

O Código do Imposto Municipal sobre Imóveis (CIMI) esclarece a área bruta privativa, que não deve ser confundida com a área útil. 

Enquanto ambas excluem varandas, terraços e garagens, a área bruta privativa abrange áreas cobertas e fechadas de uso exclusivo. A medição é feita pelo "perímetro exterior e eixos das paredes ou outros elementos separadores do edifício ou da fração, incluindo varandas fechadas, caves e sótãos privativos com utilização idêntica à do edifício ou da fração".

Como calcular a área útil e restantes áreas?

Calcular a área útil é simples, basta multiplicar o comprimento pela largura de cada divisão e somar todas as áreas úteis para obter a área útil total do imóvel. 

As informações detalhadas sobre as diferentes áreas, incluindo garagens, terraços e varandas, geralmente são apresentadas na planta do imóvel durante processos de venda ou arrendamento.

Entender estes conceitos é essencial para tomar decisões informadas no mercado imobiliário, proporcionando uma visão clara do espaço disponível em uma propriedade.

Tópicos
Imóveis Arquitetura Compra de Imóveis Projetos Imobiliários Casas para arrendar Proprietários Glossário
Notícias mais lidas
Diferença entre domicílio fiscal e morada fiscal
Que documentação precisa para vender a sua casa? Dizemos-lhe
Cancelar a hipoteca: tudo o que precisa de saber
Diferenças entre um fiador e um avalista: entenda-as
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel