App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
Notícias do Mercado Imobiliário
Categorias
Imobiliário

O que é o Leasing Imobiliário?

8 NOVEMBRO 2023
Tópicos
Mercado Imobiliário Compra de Imóveis Impostos Inquilinos Mediação Imobiliária Leasing Imobiliário Proprietários Glossário
Esta solução, que atrai cada vez mais interessados, permite usufruir de um imóvel por determinado período, de forma simples e rápida e com imensas vantagens.
O que é o Leasing Imobiliário?
Fonte: Freepik
Autor: Redação

O leasing imobiliário, também conhecido como Locação Financeira Imobiliária, é uma alternativa à compra, arrendamento ou permuta de imóveis, que pode servir como forma de combater a subida das taxas de juro

Esta é uma solução de financiamento simples e rápida que atrai o interesse não só de particulares, como de empresas e negócios, uma vez que pode ser aplicada para fins residenciais e estabelecimentos comerciais, como lojas, escritórios, garagens ou consultórios.

Com esta alternativa, o locatário pode usufruir de um imóvel por um determinado período de tempo, mediante o pagamento ao proprietário de uma renda. No final do contrato, o cliente tem a opção de compra do imóvel pelo valor residual, definido entre ambas as partes e assente no contrário. Este valor varia entre 10% e 20% do valor do imóvel.

O contrato de leasing pode ter uma duração entre os 7 e os 30 anos, no entanto, o locatário não pode ter uma idade superior a 75 anos.

Vantagens

    • Isenção do pagamento do Imposto de Selo, cobrado habitualmente quando se recorre ao crédito habitação;

    • Possibilidade de adquirir o imóvel no final do contrato;

    • Possibilidade de incluir o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) e outras despesas associadas ao contrato no financiamento do leasing;

    • Possibilidade de arrendar o imóvel a terceiros;

    • Acessível a quem possui um capital inicial limitado;

    • Compatibilidade com incentivos do estado e comunitários.

Desvantagens

    • Pouca opção de escolha, sendo que a maioria dos imóveis disponíveis para esta modalidade são detidos pelo banco;

    • Avarias e obras de manutenção são inteiramente da responsabilidade do locatário;

    • Contratação de seguros são suportadas pelo locatário;

    • Em caso de incumprimento, o banco pode mais facilmente tomar posse do imóvel;

Nem todas as entidades financeiras praticam esta modalidade de crédito para particulares e o seu financiamento, pelo que o valor das garantias vai diferir consoante se trate de um cliente particular ou de uma sociedade.

O contrato de leasing imobiliário pode ser aplicado para financiar a aquisição de imóveis já construídos ou obras de beneficiação ou adaptação, compra de terrenos e construção de imóveis.

Quando se trata de uma empresa, para aceder a esta modalidade é solicitada uma livrança subscrita pela empresa com aval dos sócios e cônjuges. As garantias exigidas dependem da análise de risco de crédito.

Tópicos
Mercado Imobiliário Compra de Imóveis Impostos Inquilinos Mediação Imobiliária Leasing Imobiliário Proprietários Glossário
Notícias mais lidas
Casas para recuperar: dê vida a um imóvel
Viver em Lamego: o que há para lá das Beiras?
Vila Nova de Milfontes: um guia para viver nesta localidade
Imóveis à venda em Torres Vedras: viva a alegria do Carnaval
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel