App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
Notícias do Mercado Imobiliário
Categorias
Comprar Casa

Os 10 passos que tem de dar antes de avançar com compra de casa

12 MAIO 2024
Tópicos
Dicas Imóveis Mercado Imobiliário Comprar Casa em Portugal Comprar Casas Baratas Imobiliárias Investimento Imobiliário Casas para arrendar Proprietários
Comprar casa é uma decisão que vai mudar a sua vida, pelo que é importante considerar todas as possibilidades antes de oficializar o processo.
Os 10 passos que tem de dar antes de avançar com compra de casa
Fonte: Pexels
Autor: Redação

A decisão de comprar uma casa deve ser ponderada e analisada. Tratando-se de um investimento avultado e com uma série de etapas e burocracias associadas, trata-se de uma das mudanças e decisões mais importantes na vida de uma pessoa, representando um marco. Por ser um investimento que exige bastante esforço financeiro e alguma paciência para encontrar a casa ideal, é recomendado que pense antes de dar início ao processo, de forma a obter o máximo de informação e conhecimento possível.

Sendo um processo algo moroso, podem surgir dúvidas relativamente às várias etapas num processo de compra, contudo, para o ajudar e mantê-lo informado, o SUPERCASA preparou o guia dos 10 passos a dar antes de se atirar de cabeça para a compra de um imóvel. Anote as nossas recomendações e tome decisões informadas.

1. Comprar ou arrendar? A primeira decisão

Se procura um local para viver, quer se trate da primeira habitação ou porque precisa de mudar de casa, deve pensar sobre as suas opções, existindo a possibilidade de comprar ou arrendar. Nas duas situações, e como em todas as decisões que terá de tomar ao longo da sua vida, poderão existir vantagens e desvantagens.

Ao optar por comprar uma casa, estará, à partida, a tomar uma decisão mais importante, pois é necessário entender que são necessários vários passos até ter efetivamente o seu imóvel, e ainda um grande capital disponível de forma a conseguir suportar os custos com a compra, nomeadamente a entrada inicial e os impostos.

Por outro lado, decidir arrendar uma casa é uma decisão mais leve, sem tanto compromisso, pois bastar-lhe-á encontrar o imóvel certo para si e oficializar um contrato de arrendamento com o senhorio, tratando-se de um processo muito mais simples e que não exige tanto investimento.

Pese os pós e os contras, medindo as suas capacidades financeiras para qualquer uma das situações, e analise o que lhe pode compensar, a longo prazo, considerando que, ao tornar-se no proprietário de um imóvel, deve também assegurar os custos com manutenção, impostos anuais, seguros e, caso precise de um crédito, as prestações mensais ao banco.

2. Quer comprar? Então saiba que tem de poupar

Se de facto quiser avançar com a compra de um imóvel, é preciso considerar que não basta entrar num banco e pedir um empréstimo. Nestas instituições, será analisada a sua capacidade financeira, calculada a sua taxa de esforço e validadas as suas capacidades para se tornar, ou não, no proprietário de um imóvel.

O mais aconselhado é que, caso esteja a pensar comprar um imóvel, comece a poupar o mais cedo possível. Com tempo, terá margem de manobra para amealhar o máximo de capital possível, reunindo, se tudo correr bem, o suficiente para uma entrada. Os bancos não financiam créditos a 100%, tendo o proprietário de entrar com, pelo menos, 10% a 20% do capital. Assim, certifique-se de que está habilitado a esta despesa, considerando que, a longo prazo, terá sempre de reunir dinheiro para assegurar despesas de manutenção e impostos.

3. Analise bem a localização do imóvel onde quer investir

Este é um ponto muito importante, e sobre o qual não recai, tantas vezes, a atenção que deveria. E é importante porque, ao decidir que quer comprar uma casa, terá de se certificar que escolhe a área geográfica certa para si e para as suas ambições profissionais ou familiares.

Além disso, os impostos como o IMI variam conforme o município onde reside, pelo que é importante pesquisar sobre os valores praticados, informar-se sobre as taxas e ter a certeza de que escolhe uma zona adequada às suas necessidades. Calcule quanto lhe pode custar viver em determinada zona, tendo em conta as acessibilidades, necessidade de utilizar, ou não, transportes, custo de vida e oferta de comodidades e serviços públicos.

E finalmente, ao analisar bem a localização do imóvel onde pretende investir, ficará, também, com uma ideia de como será a sua vizinhança, evitando possíveis problemas no futuro, caso não se identifique com o bairro ou com a área onde escolheu o imóvel que pretende comprar.

4. Verifique se não existem ónus sobre o imóvel

Numa fase em que já tenha decidido avançar com a compra de determinado imóvel, é importante certificar-se de que não existem quaisquer ónus sobre o mesmo. Isto é, deve confirmar se não há dívidas associadas àquela propriedade, de antigos proprietários, de forma a evitar assumir uma dívida que não é sua.

Para confirmar esta situação, pode dirigir-se à Conservatória do Registo Predial, online ou num balcão de atendimento, requisitando a Certidão de Teor. Neste documento, terá acesso a tudo o que diz respeito ao imóvel, nomeadamente possíveis dívidas, penhoras ou hipotecas que possam a ele estar associadas. Com este documento, poderá verificar também se existem, ou não, herdeiros associados, ou contratos de arrendamento ou de usufruto por terceiros, garantindo um registo limpo do imóvel antes de o comprar.

Se eventualmente existir registo de uma hipoteca, a mesma deve ser cancelada, podendo solicitar esta intervenção nas Finanças.

5. Informe-se sobre despesas de condomínio

Há imóveis que, estando dentro de uma urbanização ou tratando-se de frações de prédio, têm a si associados o pagamento obrigatório de condomínio. Trata-se de uma mensalidade que servirá para garantir a manutenção dos espaços comuns a todos os residentes, como piscinas, elevadores, jardins ou parques.

Antes de avançar com qualquer contrato-promessa compra e venda, informe-se sobre os valores do condomínio e tente perceber como funcionam os pagamentos, se existem, ou não, reuniões de condomínio, e como funcionará a dinâmica da habitação na qual está interessado, nomeadamente através da informação sobre quais dos espaços pode ou não beneficiar.

6. Informe-se sobre seguros

Além das demais obrigações com condomínios e prestações de crédito habitação, vai ter de assegurar os dois tipos de seguros obrigatórios na compra de casa, que são o seguro de vida do crédito habitação e o seguro multirriscos de habitação.

Estes dois seguros são exigidos pela instituição financeira como uma garantia de risco e podem ser feito através do banco com o qual contraiu o crédito ou com seguradoras parceiras ou companhias de seguros.

É importante tentar obter várias propostas para seguros, pois os valores vão certamente variar de entidade para entidade. Faça os cálculos, informe-se de forma completa acerca dos seus deveres e obrigações e tome a decisão mais acertada para si e para a sua carteira.

7. Analise o mercado

Seja para escolher a casa ideal ou para obter as melhores condições na contração de crédito ou seguro, é importante que faça uma análise ao mercado para perceber as melhores opções à sua disposição.

Na procura de casa, recomendamos que procure os serviços de uma agência imobiliária para o ajudar a encontrar o imóvel mais acertado para si, dentro do que procura. Estes profissionais têm acesso a plataformas de base de dados que podem fazer análises comparativas de mercado, com acesso a todos os imóveis que existem disponíveis no mercado, e apresentar-lhe as melhores opções. Assim, terá alternativas e opções dentro do seu orçamento e necessidades, permitindo-lhe uma decisão mais ponderada e certeira.


8. Certifique-se de que visita os imóveis e está atento ao seu estado de conservação

Não tome decisões impulsivas. A compra de uma casa é uma decisão que deve ser tomada com muita cautela, muita informação e certeza. Assim, visite o maior número de imóveis possível, não se ficando apenas por uma ou duas opções.

É importante que tenha atenção ao estado de conservação da casa, certificando-se de que se encontra em boas condições para evitar ter de fazer obras no futuro, caso pretenda um imóvel pronto a habitar. E se pretende efetivamente fazer obras de remodelação, certifique-se de que são possíveis, analisando projetos tendo em conta a tipologia da casa.

9. Reúna os documentos necessários

Se sabe já exatamente qual é a casa que vai comprar, aconselhamo-lo a reunir os documentos necessários para a formalização do contrato e escritura. A quantidade de papelada necessária neste processo é ainda alguma, pelo que é importante estar a par do que é necessário para esta finalização.

Os principais documentos que vai precisar são o seu documento de identificação e três últimos recibos de ordenado, bem como a declaração de IRS e nota de liquidação; mapa de responsabilidade de crédito atualizado, que pode pedir no banco; uma declaração da entidade patronal que indique o seu vínculo laboral e a data de termo do contrato, bem como o valor que recebe mensalmente; o extrato bancário dos últimos três meses; o comprovativo do NIB; a certidão do registo predial e a caderneta predial e, finalmente, o comprovativo de morada.

10. Peça ajuda a profissionais especializados

A compra de casa exige muito conhecimento e experiência, nomeadamente para conseguir encontrar o imóvel certo e conseguir avançar com as negociações com o proprietário. Assim, para ter a certeza de que tudo corre bem e de forma célere, deve procurar uma agência ou consultor imobiliário que o possa ajudar e aconselhar ao longo de todo o processo.

As agências imobiliárias têm as suas próprias carteiras de imóveis e, muitas vezes, intermediários de crédito que o podem guiar nas burocracias necessárias, facilitando todo o processo e dizendo-lhe exatamente o que precisa de fazer. Assim, ao contratar estes serviços, poderá ficar descansado sabendo que terá uma boa experiência e encontrará a casa ideal para si.

O SUPERCASA disponibiliza-lhe a lista de todas as agências e consultores que divulgam no portal, podendo pesquisar pela sua área de residência e obter os melhores serviços e aconselhamento. Consulte-as aqui.

E não se esqueça: procure nos principais portais imobiliários, como o SUPERCASA e o CASASAPO, e consulte os anúncios que lhe aparecem com visitas virtuais e vídeos, para que possa ter uma experiência imersiva ainda antes da visita. Só as melhores agências divulgam nestes portais, pelo que terá certamente uma boa experiência e facilidade em encontrar a sua casa de sonho!
Tópicos
Dicas Imóveis Mercado Imobiliário Comprar Casa em Portugal Comprar Casas Baratas Imobiliárias Investimento Imobiliário Casas para arrendar Proprietários
Notícias mais lidas
Mais-valias: Governo reduz prazo da morada fiscal
É possível converter uma loja num apartamento? Descubra
Magia por detrás da visita ao imóvel: cause uma boa impressão
Isenção do IMT aos jovens: lei estabelece 3 condições
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel