App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
Notícias do Mercado Imobiliário
Categorias
Lifestyle

Quanto gastam os seus eletrodomésticos? Descubra aqui

17 AGOSTO 2023
Tópicos
Casas Sustentáveis Certificação Energética Sustentabilidade Eficiencia Energetica Despesas
A Selectra, especialista em tarifas de energia, mostra-lhe quanto gastam em média os aparelhos em sua casa.
Quanto gastam os seus eletrodomésticos? Descubra aqui
Fonte: Freepik
Autor: Redação

Uma casa sem eletrodomésticos pouco provavelmente será uma casa habitada, já que é praticamente impossível, nos dias de hoje, abdicar deste tipo de equipamentos ligados à eletricidade, que auxiliam nas tarefas do quotidiano das famílias. No entanto, e porque nem sempre são detalhes aos quais os consumidores atentam, existe desinformação quanto aos gastos desses mesmos equipamentos, que são quase sempre a grande causa dos rombos nas faturas mensais. Assim, e porque é cada vez mais importante desempenhar ações sustentáveis e, sobretudo, amigas da sua carteira, a Selectra, especialista em tarifas de energia, enviou ao SUPERCASA Notícias os seus cálculos, que demonstram o valor de alguns dos aparelhos mais utilizados nas habitações.

É um facto muitas vezes desconsiderado que os eletrodomésticos exercem um impacto significativo nas faturas de energia, visto que em muitos casos os consumidores desconhecem o verdadeiro custo energético associado ao uso destes aparelhos no dia a dia, daí a importância de uma análise que desvende os valores de consumo dos eletrodomésticos mais comuns, tal como apresenta a Selectra. Através dos valores da tarifa simples e bi-horária, obtiveram-se resultados que demonstram o consumo dos aparelhos ao longo de uma hora por dia, durante um mês de 30 dias.

Não obstante, e de acordo com a informação a que o SUPERCASA Notícias pôde aceder, convém referir que as discrepâncias nos valores gastos também estão associadas ao perfil específico de cada consumidor, bem como ao regime em que cada lar se encontra. Além disso, o tarifário escolhido também exerce influência nos custos finais, como a própria insolação e isolamento térmico da habitação, no que toca aos aparelhos de aquecimento e arrefecimento. 

Os resultados da análise demonstram alguma diversidade nos valores de consumo em relação às diferentes tarifas contratadas e aos equipamentos utilizados. Por exemplo, numa tarifa simples, a utilização de um micro-ondas revelou-se aproximadamente 70% mais económica do que a utilização de um forno  e, numa tarifa bi-horária, cerca de 60% mais económica.

Por outro lado, verificou-se que a utilização de uma ventoinha de teto apresenta uma economia de sensivelmente 93% em comparação com o ar condicionado, numa tarifa simples e em torno de 92% numa tarifa bi-horária.

           
Estes resultados reforçam a importância de uma abordagem consciente ao uso dos eletrodomésticos: compreender o consumo energético dos aparelhos que usamos diariamente é o primeiro passo para tomar decisões mais informadas e eficientes no que toca ao uso de energia. 

E, se pretende informar-se a fundo acerca desta questão, sugerimos que leia: Eletrodomésticos sustentáveis: um investimento com retorno, Comprar casa: Saiba a importância da eficiência energética
Tópicos
Casas Sustentáveis Certificação Energética Sustentabilidade Eficiencia Energetica Despesas
Notícias mais lidas
O que é a Área Bruta Privativa?
Casas para recuperar: dê vida a um imóvel
Melhores cidades do mundo em 2024: Lisboa e Porto em destaque
Vila Nova de Milfontes: um guia para viver nesta localidade
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel