App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
App SUPERCASA - Descobre a tua nova casa
App SUPERCASA
Descobre a tua nova casa
Abrir
Notícias do Mercado Imobiliário
Categorias
Comprar Casa

Quer reabilitar um imóvel? Consulte os achados do SUPERCASA

31 OUTUBRO 2023
Tópicos
Mercado Imobiliário Compra de Imóveis Comprar Casas Baratas Imobiliárias Reabilitação Urbana SUPERCASA
Já pensou em investir num imóvel para reabilitar? São inúmeras as vantagens, que vão desde um investimento inicial mais baixo até ao potencial de valorização.
Quer reabilitar um imóvel? Consulte os achados do SUPERCASA
Fonte: SUPERCASA
Autor: Redação

A aquisição de um imóvel por recuperar é um investimento com potencial, já que os valores são geralmente mais baixos face aos preços de um imóvel já reabilitado, e o potencial de valorização é sempre maior, pois terá a oportunidade de aumentar o seu valor no mercado e ter retorno com o tipo de investimento que fizer. 

São diversos os destinos que pode dar ao seu investimento, podendo recuperar um imóvel, para o transformar na sua habitação própria e permanente, para o colocar de novo no mercado de compra ou arrendamento, ou para o transformar num espaço comercial, de indústria ou serviços. 

Hoje em dia, e com recurso a cada vez mais e melhores métodos de construção, o investimento realizado na reabilitação de um imóvel é compensatório face ao retorno, a longo prazo, que poderá vir a obter. Assim, para que possa tomar uma decisão consciente e estabelecer, também, os seus orçamentos, caso esteja a pensar avançar com a compra de uma casa por recuperar, o SUPERCASA deixa-lhe várias sugestões, de diferentes valores, para que possa começar a pensar no seu investimento ideal!

Moradia T5 Duplex em Coimbra - 149.500€


Moradia T6 em Viana do Castelo - 425.000€


Moradia T6 Triplex em Aveiro - 177.000€


Apartamento T3+1 em Lisboa - 950.000€


Depois de escolher o investimento ideal para si e para o orçamento que tem estabelecido, existem procedimentos que deverá contemplar na fase que se segue à compra, que dizem respeito às obras que terá de efetuar. Trata-se de detalhes como a avaliação do estado de conservação, a gestão das obras e do licenciamento, os critérios de eficiência energética e sustentabilidade, e os custos associados a estes requerimentos. 

O SUPERCASA Notícias deixa-lhe algumas diretrizes

  • Benefícios fiscais associados à reabilitação de casas antigas
Caso proceda à reabilitação de um prédio ou fração autónoma que tenha sido construído há mais de 30 anos, ou que se encontre localizado em áreas de reabilitação urbana, pode vir a beneficiar da isenção do IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) durante 3 anos. Além disso, neste tipo de reabilitações, as taxas do IVA (Imposto de Valor Acrescentado) e do IMT (Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis) ficam mais baixas, o que se traduz num grande desconto, feitas as contas. 

  • Faça a avaliação do estado de conservação do imóvel
Quando estão em causa imóveis antigos, os cuidados tornam-se redobrados, sendo necessária uma avaliação profunda ao seu estado de conservação. Isto vai permitir identificar possíveis danos estruturais, problemas elétricos ou de canalização. Estas informações serão úteis no momento da reabilitação, uma vez que poderá concluir quais são os arranjos estimados e os custos associados a cada uma destas intervenções. 

  • Contrate profissionais especializados
Mais uma vez, casas antigas exigem um olho clínico, que proceda de forma criteriosa na forma como são aplicadas possíveis mudanças a nível estrutural ou na reabilitação da sua estrutura. Assim, para evitar danos que lhe causem prejuízo, saber exatamente onde deve atuar e que procedimentos deve fazer, é importante que disponha de uma equipa especializada. Contrate uma equipa que lhe garanta estas boas práticas e que assuma a responsabilidade de cumprir os requisitos técnicos e de licenciamento.


Tópicos
Mercado Imobiliário Compra de Imóveis Comprar Casas Baratas Imobiliárias Reabilitação Urbana SUPERCASA
Notícias mais lidas
Diferença entre domicílio fiscal e morada fiscal
Que documentação precisa para vender a sua casa? Dizemos-lhe
Cancelar a hipoteca: tudo o que precisa de saber
Diferenças entre um fiador e um avalista: entenda-as
Queres receber as últimas Super Notícias?
pixel pixel